Página inicial Solução Financeira!

Seja Bem-vindo!  São joão Del Rei, 04 de julho de 2022.

02/07/2011 - Venda de carros cresce 10% no 1º semestre
 
Montadoras comercializaram 1,64 milhão de unidades nos primeiros seis meses de 2011


Arquivo Hoje em Dia

7905251

As vendas de automóveis e comerciais leves somaram cerca de 286,9 mil unidades



As vendas de automóveis e comerciais leves novos somaram cerca de 1,64 milhão de unidades no primeiro semestre deste ano, o que representa uma expansão de 10% sobre o mesmo período do ano passado. Os dados são preliminares e foram obtidos junto a uma fonte do mercado nesta sexta-feira (1º).


O ritmo está acima da previsão de vendas para o segmento em 2011, de 4,2%, feito anteriormente pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores ( Fenabrave ). No entanto, a mesma federação informou ao R7 que fará uma entrevista coletiva na segunda-feira (4) para anunciar os resultados das vendas.

O resultado dos primeiros seis meses do ano poderia ser ainda melhor, não fosse o recuo nas vendas de junho, quando houve uma queda de 4,5% na comercialização de automóveis e comerciais leves em relação a maio.

Em junho, que teve 21 dias úteis de vendas contra 22 em maio, as vendas de automóveis e comerciais leves somaram cerca de 286,9 mil unidades, contra 300,5 mil do mês anterior. Na comparação com junho de 2010, por outro lado, houve alta de 15,9%.

Por dia útil, porém, as vendas do mês passado foram equivalentes a uma média de cerca de 13,7 mil unidades, praticamente estáveis em relação ao nível de 13,6 mil de maio e acima das 11,8 mil de junho passado.

Ranking de montadoras

A Fiat encerrou junho com vendas de 67,26 mil automóveis e comerciais leves, segundo os dados preliminares de licenciamentos, contra 66,81 mil em maio.

A Volkswagen contabilizou emplacamentos de 56,6 mil, contra 62,2 mil no mês anterior, após a prolongada greve dos funcionários de sua fábrica em São José dos Pinhais (PR), que durou 37 dias e foi encerrada em 10 de junho.

Em seguida, a General Motors manteve a terceira posição, com vendas de 53,6 mil unidades em junho contra 55,6 mil em maio. A rival norte-americana Ford apurou vendas de 26,86 mil automóveis e comerciais leves no mês passado, após 27,3 mil em maio, segundo os dados preliminares.

Além da divulgação dos dados da Fenabrave, prevista para segunda-feira, na próxima quarta-feira (6), a Anfavea (associação das montadoras) anuncia os números consolidados, incluindo produção e exportação.

 

 

Voltar a página anterior!
 

 
 
Aqui você tem a melhor e mais segura opção de empréstimo consignado, com as melhores taxas de juros do mercado, em até 84x para aposentado e pensionista INSS e em 96x para funcionários Públicos Estaduais e Federais.

Parcelas que cabem no seu bolso. Tudo muito prático e o valor é descontado na sua folha de pagamento.

Débito em conta para quem está sem margem.

Proteção Automotiva pela ASCOBOM e rastreador veicular, taxa e atendimento especial para filiados ASCOBOM.

Agende horários com a comodidade que você merece. Se precisar, vamos até você e resolvemos tudo.

Sem consulta ao SPC ou Serasa.

Trabalhamos com os bancos BMG, Bradesco C6 (Ficsa), Itau, Pan, Olé Santander, Mercantil, Safra.

 

COTAÇÃO DO DÓLAR

Dólar Comercial
Dólar Hoje

CADASTRE-SE

ACOMPANHAMENTO DA SITUAÇÃO

  Parceiros
 

- -
Telefones: 32-98849-3676 / 32-99940-0104 /32-99999-1829 /32 98895-0566 /32-3372-3676 Email: CINTIA_ALMEIDA1@HOTMAIL.COM /BIELSPINOLA2016@GMAIL.COM
 

Comunicado

A Solução não pede dinheiro adiantado e nem pós contratação, para liberação de crédito. Isso é golpe. Qualquer contato nesse sentido sob o nome da Solução é falso. Denuncie. Em caso de dúvidas, fale conosco pelo e-mail cintia_almeida1@hotmail.com ou telefone (32) 3372-3676. De segunda a sexta das 8 às 18 horas e Sábados de 9 as 13. Exceto feriados.
A Solução não é uma instituição financeira: atuamos como correspondente bancário prestando serviços de intermediação e atendimento aos clientes e usuários de instituições financeiras. A atividade de correspondente bancário é uma regulada pelo Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº 3.954, de fevereiro de 2011. As taxas de juros e prazos praticados nos empréstimos observam as determinações de cada convênio, assim como a política da instituição financeira escolhida no ato da contratação. Você será informado das taxas e prazos antes de concluir a contratação do seu empréstimo. Para obter informações adicionais relativas às taxas de juros e prazos, observe a descrição presente na página de cada produto. Caso tenha maiores dúvidas, consulte-nos.